António Simões

António Simões

Ex-futebolista internacional português

Conferencista confirmado no I Congresso Internacional de Periodização Táctica

António Simões Costa nasceu a 14 de Dezembro de 1943. Ex-futebolista com 46 internacionalizações pela Seleção Portuguesa.
Durante a sua carreira de 22 anos representou: Almada Atlético Clube (1957-1959); Benfica (1959-1975); Estoril Praia (1975); União de Tomar (1975); Boston Minute Men (1975-1976); San José Earthquake (1976-1977); F.C.Dallas (1977-1979).
Jogador de primeira linha, apresenta vários títulos conquistados:
– 1 Taça dos Campeões Europeus;
– 10 Campeonatos Nacionais;
– 5 Taças de Portugal.
Ingressou no S.L. Benfica para ser extremo esquerdo, por ter sido nessa posição que começou a jogar no Almada A.C. Reconhecido como um jogador versátil, tinha a facilidade de jogar com os dois pés o que levou a que fosse um dos principais servidores da equipa que, na frente, nos primeiros anos, contava com José Águas e Eusébio, antes de o histórico capitão ser substituído por José Torres.
Em 1961, antes de completar 18 anos, António Simões estreou-se no escalão principal do S.L. Benfica. Alguns meses mais tarde a equipa sagrava-se, pela primeira vez, campeã da Europa, frente ao Barcelona. António Simões conquistaria a titularidade na época seguinte e, em 1962, foi um dos jogadores que levantou a segunda Taça dos Campeões Europeu pelos S.L. Benfica.
Num período de ouro para o futebol português, até 1968, foi uma das figuras de proa, jogando em mais três finais da Taça dos Campeões pelo S.L. Benfica, uma Taça das Taças conquistada pelo Sporting C.P., em 1964, fazendo parte, acima de tudo, da inesquecível campanha do Mundial 1966, onde Portugal atingiu o terceiro lugar.
Simões era um dos indiscutíveis dessa seleção e o seu futebol criativo e veloz seduziu a crítica internacional valendo-lhe um lugar, juntamente com Eusébio e Coluna, no onze ideal da competição. Era a sagração mundial para uma das estrelas mais brilhantes do futebol português.
Aos 36 anos António Simões deixou os relvados. Depois de passar pela equipa técnica do F.C. Dallas tornou-se treinador principal em Phoenix, onde permaneceu durante dois anos. Em Portugal passou pela seleção nacional de futebol feminino, pelo C.S. Marítimo, pelo S.L. Benfica e pelas seleções jovens, até que aceitou fazer parte da equipa técnica de Carlos Queiroz na seleção do Irão.
Atualmente é um dos comentadores desportivos mais conceituados do futebol português.